12jan

Investir em diversidade é realmente necessário? Neste artigo mostraremos todos os pontos para não ficar atrás da concorrência. Leia!

Acreditamos na urgência de discutir sobre diversidade na sociedade e, claro, no mercado de trabalho. Embora o tema esteja cada vez mais popular, ainda existem muitas dúvidas e equívocos sobre como lidar com as diferenças. Mas é fato que empresas que investem em uma cultura inclusiva apresentam melhores resultados. 

Respeitar a diversidade e garantir um ambiente de equidade nas corporações é o caminho não só para reconhecimento de mercado, mas também para um ambiente inovador e criativo.

Se você tem interesse em entender mais sobre o tema, continue a leitura! 

Por que é importante falar sobre diversidade?

Você já deve ter entendido que investir em diversidade é muito positivo para as empresas, mas além de promover mais resultados, ser inclusivo é uma questão de ética e responsabilidade social — algo que consumidores têm valorizado cada vez mais. 

Embora o assunto esteja em voga, ainda há um longo caminho a ser percorrido, sobretudo no Brasil:

Apenas 1% das pessoas com deficiência, por exemplo, têm um emprego formal, segundo dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2018.  Já as mulheres, apesar de mais qualificadas, seguem ganhando menos que os homens, segundo pesquisa do IBGE. 

Pretos e pardos que compõem a população negra do país são maioria entre trabalhadores desocupados (64,2%), segundo informativo do IBGE. Já um estudo com pessoas LGBTQIA+ revelou que 77% delas já foram discriminadas no ambiente corporativo.

Os dados são alarmantes e deveriam bastar para que as empresas repensem seu papel social e busquem ambientes mais acolhedores e justos.

Diversidade e inclusão no ambiente de trabalho: por que investir?

Como outros programas que envolvem bem-estar e satisfação das pessoas, a inclusão deve ser entendida como um investimento, que trará retorno a médio e longo prazo e, possivelmente, exigirá algumas mudanças estruturais.

Podemos listar inúmeras vantagens, que vão desde o clima organizacional até o faturamento da empresa. Mas neste artigo falaremos da responsabilidade social!

Montar uma equipe composta por pessoas de diferentes etnias, gêneros, culturas e classes sociais, além de trazer dinamismo para o negócio, confere representatividade. Cada pessoa contribui com a equipe a partir de uma vivência diferente, o que torna todo o processo muito mais rico, inovador e consistente.

Além disso, promover um ambiente acolhedor e respeitoso impacta na qualidade de vida, no desenvolvimento e até na saúde física e emocional das pessoas, deixando, portanto, um impacto positivo para elas e para suas famílias.

Não deixaremos de falar sobre a imagem positiva que uma empresa que preza pela diversidade conquista no mercado. A preocupação com o impacto social também permeia investidores e consumidores, que valorizam políticas inclusivas. 

Ser uma marca com propósito é essencial

É claro que as empresas estão sempre em busca de maximizar seus resultados, crescer e prosperar. Ter uma política de responsabilidade social é demonstrar atuação com propósito. Isso pode conquistar consumidores conscientes e fiéis, que compram não só um produto, mas uma causa.

É o melhor tipo de cliente que uma empresa pode ter, sabia? Quando sua marca conquista a fidelidade de clientes que se identificam com ela e, mais do que isso, tornam-se embaixadores, promovendo, defendendo e indicando para outras pessoas. 

Agora ficou mais fácil perceber que investir em diversidade no local de trabalho pode ser a chave para o crescimento, certo? Devemos lembrar que as empresas têm um papel social e servem às pessoas, que estão cada vez mais conscientes e preocupadas com a inclusão e equidade.

Gostou deste artigo? Leia também 3 empresas que são exemplo em diversidade e inclusão!

2 Replies to “Por que investir em diversidade e inclusão?”

  1. […] um mercado cada vez mais competitivo, investir em inovação e diversidade pode ser um grande diferencial. Pessoas de diferentes gerações, culturas, classes e gêneros […]

    1. Exatamente! A diversidade é o grande diferencial para as empresas! Obrigada pelo comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *